Segunda, 02 de Agosto de 2021 15:02
(67) 99607-2306
Região Dourados

Bullying levou Lucas a anorexia e agora ele precisa de ajuda para tratamento

O jovem também é precisa de diversos medicamentos que custam em torno de 200 reais, dois desses seriam distribuídos na rede pública de saúde, mas há algum tempo estão em falta

15/07/2021 08h14
Por: Redação Fonte: Dourados News
Atualmente o jovem enfrenta diversos problemas de saúde em decorrência da Bulimia e Anorexia - Crédito: Ligado a redação
Atualmente o jovem enfrenta diversos problemas de saúde em decorrência da Bulimia e Anorexia - Crédito: Ligado a redação

Há seis meses afastado do trabalho devido as consequências de um grave quadro de Bulimia e Anorexia, e sem conseguir aprovação na perícia do INSS, o jovem Lucas André, 21, morador da Vila Rosa, em Dourados, junto a sua mãe buscam, ajuda para conseguir comprar alimentos e os cinco medicamentos que o rapaz precisa tomar.

Lucas é mais um entre tantas vítimas de bullying que sofrem graves consequências das piadas e problemas de autoestima. O caso teve início há cerca de três anos, quando ele estudava e trabalhava como menor aprendiz, pesando 96 quilos o jovem era constantemente alvo de piadas no curso e na empresa, devido a sua forma física.

Cansado de toda a situação, Lucas decidiu entrar na academia para emagrecer, onde em seis meses emagreceu 30 kg, foi nesse momento que uma pessoa do trabalho perguntou se ele estaria “colocando o dedo na garganta”, para conseguir emagrecer tão pouco tempo.

Tal pergunta despertou a ideia de que provocar o próprio vômito poderia fazer com que ele perdesse peso mais rápido e, com isso o jovem desenvolveu um grave quadro de Bulimia e Anorexia.

Com 1,81m, atualmente ele pesa 45kg. O fato de induzir o vômito também trouxe outras consequências como anemia e infecção urinária, além de exigir que ele passasse por diversas e internações.

As frequentes internações, atém mesmo em outras cidades, como Campo Grande e São Paulo, acarretaram no afastamento da empresa onde trabalhava, a única fonte de renda da família, que agora acumula seis meses de aluguel, água e luz atrasados e a dependência de doações de cestas básicas para sobreviver. 

O jovem também é precisa de diversos medicamentos que custam em torno de 200 reais, dois desses seriam distribuídos na rede pública de saúde, mas há algum tempo estão em falta.

Devido a atual situação e sem encontrar outras alternativas Lucas e a Mãe, Maria, pedem ajuda de doações de alimento, medicamento ou auxilio financeiro para aquisição dos remédios. Para mais informações e ajuda, basta entrar em contato pelo telefone (67) 99997-3999. 

O Dourados News reforça que se você sofre algum tipo de bullying ou transtornos como Bulimia e Anorexia, deve procurar ajuda, fale com seus pais ou amigos próximos e procure um profissional.

Em Dourados existem diversos programas sociais, igrejas e instituições que oferecem apoio psicológico gratuito ou com taxa social, onde é possível encontrar tratamento.

As universidades locais também disponibilizam acompanhamento psicológico gratuito e, na prefeitura, é possível encontrar ajuda através do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família), basta buscar informações nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) de cada bairro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Deodápolis - MS
Atualizado às 16h01 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 26°

26° Sensação
10.7 km/h Vento
33.5% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Quarta (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio