Quinta, 09 de Julho de 2020 07:55
(67) 99607-2306
Policial Capital

A pedido da defesa “Pedreiro Assassino” é transferido para presídio

O promotor Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos deu parecer favorável à transferência e o juiz deferiu o pedido, mas sem determinar para qual presídio Cleber será encaminhado.

26/05/2020 08h45
Por: Redação Fonte: Dourados News
Cleber de Souza Carvalho na saída de um dos cenários dos crimes que confessou - Crédito: (Kísie Ainoã/Arquivo)
Cleber de Souza Carvalho na saída de um dos cenários dos crimes que confessou - Crédito: (Kísie Ainoã/Arquivo)

A pedido da defesa, o juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, determinou a transferência de Cleber de Souza Carvalho, de 43 anos, que ficou conhecido como “Pedreiro Assassino”, para um presídio. Segundo o site Campo Grande News, ele está em cela da Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), onde segundo a defesa, estaria sofrendo “humilhações e constrangimento”.

Em pedido de providências, o advogado Jean Carlos Cabreira de Sousa alegou ainda que o pedreiro “sofreu agressões físicas e psicológicas” desde que foi preso. O defensor ressaltou que nos encontros com o cliente, era “visível o estado de fragilidade, fadiga mental e física” de Cleber.

A defesa informa já ter feito denúncia contra equipe da delegacia no Gacep (Grupo de Atuação Especial de Controle Externo da Atividade Policial) do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) e pede que a transferência seja para o ICPG (Instituto Penal de Campo Grande) onde há pavilhão destinado a presos sob ameaça.

O promotor Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos deu parecer favorável à transferência e o juiz deferiu o pedido, mas sem determinar para qual presídio Cleber será encaminhado.

Crimes

Cleber foi preso na madrugada do dia 15 e confessou sete assassinatos. A última morte, a do comerciante José Leonel Ferreira dos Santos, 61 anos, ocorrida em 2 de maio, na Vila Nasser, foi o primeiro caso a aportar na 2ª  Vara do Tribunal do Júri.

O homem foi morto a pauladas e enterrado na casa onde morava. O imóvel passou a ser habitado por Cleber, a esposa e a filha, sendo, inclusive, inaugurado com  reunião familiar. As duas também estão presas e os três respondem por homicídio e ocultação de cadáver.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Dourados - MS
Atualizado às 08h54 - Fonte: Climatempo
11°
Nevoeiro

Mín. Máx. 20°

11° Sensação
13 km/h Vento
76.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (10/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Sábado (11/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens