Probel
Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Campo Grande

Ladrão armado é detido por populares e efetua tiro após roubo

Policiais militares da Força Tática do 1º Batalhão de Polícia Militar, foram acionados pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) e efetuaram a prisão do homem de 35 anos que estava detido por transeuntes.

07/11/2019 06h55
Por: Redação
Fonte: Dourados News
Disparo atingiu um veículo que estava estacionado - Crédito: (Divulgação PM/MS)
Disparo atingiu um veículo que estava estacionado - Crédito: (Divulgação PM/MS)

Um homem de 35 anos foi preso após roubar um comércio no Centro de Campo Grande e efetuar um tiro que atingiu um carro estacionado no início da noite desta quarta-feira, dia 06 de novembro. Segundo o site Midiamax, uma testemunha disse aos policiais, que em dado momento, na rua Rui Barbosa, entre as ruas Antônio Maria Coelho e Mato Grosso, ouviu populares dizerem “pega ladrão”.

O autor havia acabado de roubar um comércio de hortifrúti na região. Ainda segundo a testemunha, ele conta que deteve que o assaltante que corria em sua direção. Ambos chegaram a entrar em luta corporal, momento em que o autor efetuou um tiro que acertou um veículo que estava estacionado.

Policiais militares da Força Tática do 1º Batalhão de Polícia Militar, foram acionados pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) e efetuaram a prisão do homem de 35 anos que estava detido por transeuntes.

Ele foi preso com revólver calibre .32 e o dinheiro roubado do estabelecimento comercial. Ele foi levado à Depac  (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário)  e autuado em flagrante delito pela autoridade policial de plantão por Roubo e Tentativa de Homicídio. A polícia sempre orienta para que pessoas não reajam em situações de assalto.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários