Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Deodápolis

Mulher teve que fugir de casa pulando a janela por conta de agressões do companheiro

Segundo o boletim de ocorrência, o homem chegou em casa de madrugada e queria que a mulher matasse uma galinha e preparasse para ele comer

29/07/2019 06h30
Por: Redação
Fonte: Impacto News

A Policia Militar de Deodápolis foi acionada via 190 por populares na manhã deste domingo (28) que relataram terem ouvido pedidos de socorro vindo de uma casa na Rua Jonas Ferreira de Araújo. Uma guarnição foi até o local e lá localizaram R.A.P. (32) que se apresentou e declarou que sua esposa teria fugido de casa pulando uma das janelas. Perguntado sobre o motivo pelo qual sua esposa havia fugido ele respondeu que teria sido por conta de um desentendimento familiar, já que seu filho teria lhe cortado com cacos de vidro na altura do abdômen.

Pouco tempo depois da Policia ter chegado a residência, a esposa do homem chegou no local e disse que ele teria chegado em casa na madrugada e exigido que ela matasse uma galinha e o preparasse para ele comer. Como ela se negou, o mesmo passou a incomodar as crianças na casa, um menino e uma menina, filhos do casal. O homem furioso teria danificado o vidro da porta da sala e o espelho do banheiro.

Já pela manhã, também por motivos fúteis, o homem agarrou o pescoço da vitima e a colocou contra a parede. Para proteger a mãe, o filho do casal, um menino de apernas 8 anos, pegou um pedaço de vidro e passou na barriga do homem que soltou a mulher. Neste momento ele teria começado a ameaça-los dizendo que iria acabar com todos. A mulher pegou os filhos, pulou a janela e fugiu.

Após os fatos apresentados a PM realizou a detenção do homem que foi conduzido a delegacia.

Não representou

Na unidade policial a mulher declarou que não iria representar criminalmente contra o autor. Ela pediu apenas medidas protetivas de urgência tendo em vista que o homem já a ameaçou em outras ocasiões.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.