Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Sicredi
Dourados

Homem que foi assassinado na frente da mãe teve morte encomendada na PED

Conforme as informações que a polícia já conseguiu levantar, o assassinato de Anderson teria sido um acerto de contas entre as organizações criminosas PCC (Primeiro Comando da Capital) e Comando Vermelho

13/06/2019 09h12
Por: Redação
Fonte: Dourados News
Grupo está detido no 1° DP de Dourados - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); SAIBA MAIS ITAPORÃ Homem tenta se esconder em banheiro, mas é morto por dupla armada na frente da mãe
Grupo está detido no 1° DP de Dourados - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); SAIBA MAIS ITAPORÃ Homem tenta se esconder em banheiro, mas é morto por dupla armada na frente da mãe

A perícia constatou que Anderson Martins dos Reis, 33, o Dê, foi morto com 20 facadas. O crime aconteceu ontem à noite, no bairro Coimat em Itaporã, e segundo informações, pode ter sido encomendado de dentro da PED (Penitenciária Estadual de Dourados). De acordo com o apurado pela polícia, o atentado seria um acerto de contas entre facções rivais.

Na madrugada desta quinta-feira (13), uma ação integrada entre os serviços de inteligência da Polícia Militar e Polícia Civil, prendeu quatro homens que seriam responsáveis pela morte do rapaz. 

Alex Sander Maier, 29, conhecido como ‘Caçador de Almas’, foragido da Justiça de Campo Grande por tráfico de drogas; Harisonn Albert Sabino Souza, 36; Kaio Cézar Cardoso Nunes, 19, e Miguel Augusto Souza dos Santos, 21. Todos estão detidos nas celas do 1° Distrito Policial de Dourados. 

Conforme as informações que a polícia já conseguiu levantar, o assassinato de Anderson teria sido um acerto de contas entre as organizações criminosas PCC (Primeiro Comando da Capital) e Comando Vermelho. A ordem para o crime teria saído de dentro da PED. 

Kaio foi o articulador do bando. Ele ficou responsável por levantar todas as informações sobre a rotina de Anderson e projetar a estratégia do atentado, com endereço e horários ideais para execução do crime. 

Ontem, o grupo chegou na residência onde a vítima morava com a mãe a bordo de um GM Celta. Eles desceram armados com faca e um revólver calibre 38 municiado. Os criminosos ‘descarregaram’ tiros contra Anderson, que conseguiu fugir para dentro de casa. 

Ele tentou se esconder no banheiro e teria dito à mãe que trancasse a casa, mas os assassinos invadiram o imóvel e mataram o rapaz com 20 facadas. Os golpes atingiram o braço, peito, tórax e pescoço. 

Após o crime eles fugiram para Dourados. Durante a madrugada, agentes da Polícia Militar localizaram o grupo na Rua Palmeiras, região do Jardim Santo André. 

A Polícia Civil de Dourados segue investigando o caso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.