Probel
Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Fronteira

Homens são executados a tiros e criminosos deixam bilhete em corpos

As vítimas fatais são Edson Escobar e Rodrigo Sanches Cano. Já Ángel Gaona, que teve a mão decepada e foi acertado de raspão, sobreviveu

06/06/2019 07h22
Por: Redação
Fonte: Dourados News
Bilhete deixado ao lado dos corpos - Crédito: (Divulgação)
Bilhete deixado ao lado dos corpos - Crédito: (Divulgação)

Dois corpos foram encontrados com marcas de tiros na noite desta quarta-feira, dia 05 de junho, em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. Segundo o site Campo Grande News, uma das vítimas teve a mão decepada e, ao lado dos corpos, foi deixado um bilhete assinado pelo grupo ‘justiceiro da fronteira’.

As vítimas fatais são Edson Escobar e Rodrigo Sanches Cano. Já Ángel Gaona, que teve a mão decepada e foi acertado de raspão, sobreviveu.

No recado deixado, é possível ler aviso geral para assaltantes de caminhonetes. “Aviso geral. Não roubar mais na fronteira. Todos os ladrões de caminhonete estão avisados”, diz o texto.

Ainda conforme o site, uma terceira vítima foi baleada, mas sobreviveu. Ela foi levada para um hospital.

A Polícia Paraguaia investiga se o crime tem ligação com um sequestro que aconteceu horas antes no Bairro Parque do Sul, na cidade. Três homens mascarados e armados teriam rendido quatro pessoas, entre elas, um adolescente de 17 anos.

Os primeiros relatos mostram que os criminosos estavam em um caminhão modelo Fortune. Depois de ferir o adolescentes, eles levaram os outros à força.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.