Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Em Dourados

Espancada pelo marido, mulher aborta bebê e após 1 semana apanha de novo

Guarda descobriu o crime ao atender outra ocorrência de violência doméstica praticada contra a vítima, de 23 anos

14/05/2019 08h10
Por: Redação
Fonte: Campo Grande News
João Paulo foi preso em flagrante por violência doméstica e tráfico (Direto das Ruas)
João Paulo foi preso em flagrante por violência doméstica e tráfico (Direto das Ruas)

Ao atender um caso de violência doméstica na noite de ontem (12), a Guarda Municipal descobriu que a vítima, uma mulher de 23 anos, tinha abortado o bebê há uma semana após ser espancada pelo marido. O episódio ocorreu em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

João Paulo Almeida Silva, 21, foi preso em flagrante por violência doméstica contra a mulher e por tráfico de drogas, já que os guardas encontraram maconha escondida no sofá da casa.

De acordo com a ocorrência registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), por volta de 20h de ontem, a Guarda foi acionada para atender a denúncia de violência doméstica contra Joice Bernadete Feitosa, moradora na Sitioca Campina Verde, região sul da cidade.

A Guarda foi chamada por um morador do bairro que encontrou a mulher na rua chorando, dizendo que seu marido havia lhe ameaçado. Quando chegaram ao local os guardas encontraram a mulher com o olho roxo.

Ela contou que João Paulo estava tomando conhaque desde cedo. Quando procurava o carregador de celular no sofá, ela disse que encontrou a maconha. Ao questionar o marido, João Paulo teria dito que a droga era de um amigo. Houve uma discussão entre o casal, pois Joice não aceitava que o marido levasse droga para casa.

Ao falar que chamaria a polícia, ela foi empurrada por João Paulo. Armado com a garrafa de conhaque quebrada, o homem ameaçou a mulher e quebrou o celular dela. Para não ser morta, ela correu para a rua.

Os guardas foram até a casa, encontraram a maconha e prenderam João Paulo em flagrante. Ele disse ter comprado a droga por R$ 250, para revender.

Sobre o hematoma no olho, Joice contou que tinha sido espancada pelo marido na semana passada ao se negar a manter relações sexuais com ele. Grávida, ela levou socos e chutes. Após a agressão, o próprio João Paulo chamou o Samu (Serviço Móvel de Urgência), que levou Joice para o hospital da Vida, onde ficou constatado que ela tinha perdido o bebê.

Embriagado, João Paulo foi algemado e levado para a Depac, onde foi autuado em flagrante e continua preso.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários