Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Festa Misericórdia

Padre pede que fiéis experimentem a Misericórdia de Deus

Missionários da Canção Nova, Padre Uélisson e Adriana Pereira explicam Festa da Misericórdia que será celebrada neste final de semana

Canção Nova

Canção NovaAs noticias da Canção Nova aqui no IMPACTONEWS.

26/04/2019 08h03
Por: Redação
Fonte: Canção Nova
Festa da Misericórdia celebrada em 2015 na Canção Nova/ Foto: Wesley Almeida/ Arquivo CN
Festa da Misericórdia celebrada em 2015 na Canção Nova/ Foto: Wesley Almeida/ Arquivo CN

A Festa da Misericórdia, instituída por São João Paulo II em 2000, será celebrada neste final de semana na Canção Nova. A solenidade que foi, segundo Santa Faustina Kowalska, um pedido do próprio Jesus, acontece há 19 anos no primeiro domingo depois da Páscoa. Padre Uélisson Pereira, da Comunidade Canção Nova, explica a importância da data e incentiva fiéis a experimentarem a Misericórdia de Deus:

“A Festa da Misericórdia acontece dentro do Tempo Pascal. Tempo da alegria, Tempo onde o Cristo vence a morte e manifesta a sua vitória sobre o pecado. No domingo que acontece a festa, leremos o Evangelho onde Jesus institui o Sacramento da Reconciliação, o sacramento pelo qual podemos realmente experimentar a Misericórdia de Deus”.

Santa Faustina Kowalska é definida pelo sacerdote como uma mulher fiel a Jesus. “Ela teve muitas experiências místicas e deixou quase tudo registrado em seu Diário. Além de ter escrito o que Jesus lhe falava, Santa Faustina era uma grande intercessora pela conversão dos pecadores, pois sabia que para um pecador se converter eram necessárias muitas orações e sacrifícios. A docilidade e obediência de Santa Faustina levou a Igreja a instituir esta festa dos pecadores”, comentou.

Padre Uélisson recorda que Jesus, por diversas vezes e de diferentes modos, manifestou e revelou Seu Sagrado Coração. O sacerdote exemplificou o fato citando Santa Gertrudes, que afirmou que Jesus mostrou Seu Coração cheio de luz e de glória; e Margarida Maria Alacoque, que frisou que Jesus lhe apresentou Seu Coração com uma coroa de espinhos.

“Para Santa Faustina, Jesus revela o Seu coração que explodiu de tanto amor e derramou sobre toda humanidade, sangue e água. Jesus não ficou com nada pra Si, deu toda gota do seu sangue para salvar a humanidade. Os dois raios simbolizam os dois Sacramentos da Igreja: Batismo e Eucaristia”, revelou o sacerdote sobre a pintura da Divina Misericórdia de Jesus, altamente difundida e presente na devoção popular.

O Terço da Misericórdia é outra indicação realizada por Jesus, por meio de Santa Faustina. Adriana Pereira, missionária da Comunidade Canção Nova, reafirma que as orações que compõem o terço foram ensinadas por Jesus e devem ser rezadas por 9 dias antes da Festa da Misericórdia. “Mas veja, Jesus pediu que diariamente, às 15h nós meditássemos sobre a sua Paixão. Recitar a oração do Terço da Misericórdia diariamente e preferencialmente às 15h é uma forma de fazer essa reflexão sobre a Paixão. É clamar a Deus pela salvação das almas e as necessidades do mundo inteiro”, completou.

A missionária sublinhou que praticar a devoção à Divina Misericórdia é também aceitar e colocar em prática outros pontos revelados por Jesus a Santa Faustina, como: venerar a imagem de Jesus Misericordioso, confiar na Misericórdia Divina nos momentos de aflição e dificuldades, esforçar-se para alcançar a perfeição cristã, frequentar os Sacramentos, praticar Obras de Misericórdia corporais e espirituais, rezar pela conversão dos pecadores, rezar pelas almas do purgatório, levar apoio, consolação e auxílio aos pobres, doentes e sofredores. “Não é somente rezar um terço ou meditar uma oração, mas sim uma maneira concreta de viver como Cristão no mundo de hoje”, reforçou.

A Divina Misericórdia é a última tábua de salvação dada por Jesus à humanidade, frisou Adriana: “É urgente que se propague essa devoção de amor pelo mundo inteiro para que muitas almas sejam salvas. Jesus nos ama e quer todas as almas junto d’Ele, mas para isso é preciso que a humanidade creia no Seu amor, confie em Sua misericórdia e viva cristãmente”.

Sobre a Festa da Misericórdia, que acontecerá na sede da Comunidade Canção Nova, a missionária revelou: “Serão três dias de muita oração e meditação das mensagens de Jesus a Santa Faustina. Mergulharemos no Amor Misericordioso de Jesus, intercederemos pela conversão do mundo inteiro e clamaremos a Jesus que derrame sobre todas as famílias Suas bênçãos e graças”.

Padre Uélisson destaca aos fiéis que a festa é uma oportunidade para que os cristãos vivam a misericórdia. “[Os fiéis] poderão experimentar através das pregações e orações a graça do Batismo no Espírito, pois este ano a Festa quer proporcionar esta experiência para os peregrinos, pois só cheio do Espírito Santo seremos convencidos do amor de Deus e dos nossos pecados”, comentou o padre que fará uma pregação no sábado, 27, com o tema “Quem me vê, vê o Pai!”.

Sobre a pregação, o sacerdote adianta: “Jesus disse ao Apóstolo Felipe que quem o via, via o Pai. Jesus é o rosto divino do homem e o rosto humano de Deus. Em Jesus Cristo, Deus tem um rosto, caminha em meio a nós e nos revela o seu maior atributo que é a Misericórdia. Jesus foi o único que viu o Pai face a face e só Ele poderia revelar quem realmente é o Pai. Tudo o que Jesus fez, Ele só fez porque viu o Pai fazer, e o que mais Jesus fez foi amar a humanidade”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários