Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
TRE-MS
Anaurilândia inicia processo de revisão eleitoral e cadastramento biométrico dos eleitores
O comparecimento é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor
13/04/2019 12h00
Por: Redação
Fonte: Nova News
32
Posto de Atendimento Eleitoral em Anaurilândia, localizado na Avenida Mato Grosso, 372 - Foto: Nova News
Posto de Atendimento Eleitoral em Anaurilândia, localizado na Avenida Mato Grosso, 372 - Foto: Nova News

Nesta quinta-feira (11), o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) iniciou o processo de revisão eleitoral e cadastramento biométrico dos eleitores do município de Anaurilândia. O comparecimento é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor.

Os procedimentos seguem no município até o dia 10 de maio. Dos 6308 eleitores aptos a votar em Anaurilândia, 2754 (43,65%) ainda não se cadastraram biometricamente e deverão procurar o Posto de Atendimento Eleitoral nos próximos dias.

Para o atendimento, é necessário levar um documento oficial de identificação com foto e um comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos, que irão tirar o título pela primeira vez, também devem levar o comprovante de quitação militar.

O Posto de Atendimento Eleitoral de Anaurilândia está localizado na Avenida Mato Grosso, 372. Os atendimentos ocorrem por agendamento e ordem de chegada, das 07h às 13h, pelo horário MS. O local também atenderá aos sábado, nos dias 13, 27 de abril e 04 de maio.

Para maiores informações, ligue: 3445-1822.

Outros Municípios

Além de Anaurilândia, Ponta Porã, Selvíria e Alcinópolis também estão passando pela revisão eleitoral e cadastramento biométrico obrigatório dos eleitores. Até o fim deste ano, mais 13 cidades iniciarão o processo.

Biometria

A biometria é uma tecnologia que dará ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. A medida torna praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

Lembrando que o cadastramento biométrico é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor. Com isso, o TRE-MS orienta que o eleitor procure o quanto antes realizar o procedimento, evitando filas e o tempo de espera. (*Com informações do TRE-MS)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários