domingo, 17 de fevereiro de 2019
(67) 99607-2306
Policial

19/01/2019 às 10h39

43

Redator

Deodápolis / MS

Idenor "dorme" em delegacia e não há previsão de ser levado à PED
Uma das imposições para Idenor responder o processo fora da prisão era o de não retornar à Casa de Leis, o que acabou descumprido
Idenor
Idenor chegando à Câmara quando deflagrada a operação - Crédito: Gizele Almeida/Dourados News/Arquivo

Preso desde a tarde de sexta-feira (18/1), o vereador Idenor Machado (PSDB) permanece no 1º Distrito Policial e não há ainda a previsão para que seja levado à PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) cumpriram o mandado contra o ex-presidente da Câmara. 

O parlamentar afastado do cargo judicialmente, estava em liberdade desde o dia 17 de dezembro, após ser alvo, em 5 de dezembro, da Operação Cifra Negra, que investiga esquema de corrupção dentro da Câmara de Vereadores de Dourados. 

Uma das imposições para Idenor responder o processo fora da prisão era o de não retornar à Casa de Leis, o que acabou descumprido. 

No dia 15 de janeiro, o promotor Ricardo Rotunno esteve no local e recolheu imagens de câmeras de segurança apontando para uma visita do parlamentar. 

Operação

Em 5 de dezembro do ano passado, quando deflagrada a operação, além de Idenor, foram presos outros dois vereadores, Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM), além do ex-parlamentar, Dirceu Longhi (PT). 

As investigações apontavam para esquema de fraudes no processo licitatório da Casa envolvendo empresas de software. 

Os ex-servidores da Casa, Amilton Salinas e Alexandro de Oliveira de Souza e os empresários Denis da Maia, Jaison Coutinho, Franciele Aparecida Vasun e Karina Alves de Almeida, também foram alvos da ação.  

FONTE: Dourados News

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium