Segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 99607-2306
Policial

06/12/2018 às 09h36

25

Redacao

Dourados / MS

Condenado a 10 anos filho que mandou matar a mãe queimada em MS
Renato foi condenado a 10 anos e 6 meses de reclusão
Condenado a 10 anos filho que mandou matar a mãe queimada em MS
Foto: Arquivo.

Renato Rosa Gomes, 27 anos, foi condenado nesta terça-feira (4) a 10 anos de prisão, pelo crime de tentativa de homicídio qualificado, contra a própria mãe, Eliete Albuquerque Rosa, 47 anos. De acordo com as informações, ele pagou a uma mulher duas “paradinhas” de droga, para que a mesma ateasse fogo na mãe.

O caso aconteceu em 2015 no município de Maracaju, distante 160 quilômetros de Campo Grande. Conforme as informações, Eliete era constantemente ameaçada de morte pelo filho.

No dia, Renato teria ficado com raiva, pelo fato de Eliete chamar a polícia, por conta do som alto que o filho escutava. O filho pagou duas “paradinhas” de droga para Aparecida Farias de Souza, 31 anos, atear fogo em sua mãe.

Depois de Aparecida atear fogo em Eliete, Renato ainda teria ficado vendo a mãe se agonizando, por trinta minutos, sem chamar por socorro.

Na época, Renato foi preso por tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe, mediante paga, devido o emprego de fogo, mediante recurso dificultou a defesa da vítima e por feminicídio.

Durante o Tribunal do Júri, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, representado pelo Promotor de Justiça Estéfano Rocha Rodrigues da Silva, titular da Comarca de Maracaju, pediu a condenação dos réus.

Renato foi condenado a 10 anos e 6 meses de reclusão. Aparecida foi acusada tentativa de homicídio qualificado pela promessa de recompensa, uso de fogo e pelas circunstâncias que dificultaram a defesa da vítima. Ela foi condenada a 7 anos e 6 meses de prisão, em regime inicial fechado.

FONTE: Midia Max

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium