Sábado, 29 de Janeiro de 2022
25°

Poucas nuvens

Deodápolis - MS

Geral Mato Grosso do Sul

Infovia Digital: Governador diz que conectividade vai melhorar serviços públicos nos 79 municípios

Reconhecendo a conectividade como uma das principais alavancas para melhoria da prestação de serviços públicos de tecnologia, o governador Reinaldo...

11/11/2021 às 07h27 Atualizada em 11/11/2021 às 07h30
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Reconhecendo a conectividade como uma das principais alavancas para melhoria da prestação de serviços públicos de tecnologia, o governador Reinaldo Azambuja participou, na tarde desta quarta-feira (10), da Audiência Pública do projeto de Parceria Público-Privada Infovia Digital. Para ele, a PPP deixa Mato Grosso do Sul em destaque no setor, proporcionado avanço em programas e plataformas digitais, além de ser uma importante ferramenta para o desenvolvimento local. Realizada de forma virtual, a Audiência Pública teve a participação de empresas e interessados no projeto e foi transmitida pelo site da TVB3, da Bolsa de Valores de São Paulo (B3).

conectividade é ganhar tempo, é poder melhorar a prestação dos serviços ao cidadão, é poder avançar com programas e plataformas digitais. Com esse projeto podemos trazer a iniciativa privada para essa conectividade, com mais rapidez, diminuição de custo, com investimentos importantes. Podemos avançar em oferta de serviços públicos, trazer o capital privado para ser indutor do nosso Estado, ajudando no desenvolvimento local”, afirmou o governador.

Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, este será um dos projetos mais inovadores de Mato Grosso do Sul, dando ao mercado a oportunidade de fazer parte de uma nova fase que chega ao país, a rede 5G. “É um dos projetos mais transformadores do ponto de vista da competitividade do Estado. A Infovia Digital é uma oportunidade que está sendo colocada no mercado para termos uma mudança exatamente quando o 5G está chegando ao Brasil. E essa rede (Infovia Digital) se propõe a somar com esse novo momento pelo qual o Brasil vai passar com esse serviço (5G)”, explicou o secretário Riedel.

O projeto Infovia Digital trará significativa mudança na qualidade dos serviços oferecidos, além de ser, para o setor privado, uma transformação singular, conforme afirmou Riedel. “É uma mudança enorme com relação a nossa qualidade de serviço e para o setor privado será uma transformação muito importante, especialmente em um dos nossos setores mais fortes da economia, que é a agropecuária, ao propor para levar aos 79 municípios essa rede de fibra óptica. É uma modelagem moderna, inteligente, que preserva os provedores e mantém a rede privada atuando”, ressaltou Riedel.

A secretária Especial de Parcerias Estratégicas do Estado, Eliane Detoni, reforçou durante a Audiência a importância das etapas de apresentação do projeto à sociedade em geral -Consulta e Audiência Pública.  "É de extrema importância os questionamentos e as contribuições para que possamos aprimorar ainda mais o  projeto. Agradeço a consultoria, contratada no âmbito do acordo de Cooperação Técnica, com o Programa Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Houer Concessões, que nos apoiou na revisão e estruturação final dos estudos técnicos do projeto. Agradeço também ao PNUD, que é parceiro constante do Programa Estadual de Parcerias Estratégicas, e que vem cada vez mais demonstrando interesse nos nossos projetos", ressaltou a secretária.

Segundo Eliane, a PPP de Infovia Digital não vai trazer apenas benefícios de tecnologia ao Estado, mas também melhorias em todos os setores. "Os nossos projetos não se encerram em si, possuem grande amplitude e muitas externalidades positivas. São projetos 100% conectados e alinhados com objetivos sustentáveis da ONU. A Infovia Digital não é só um projeto de internet e voz, é saúde, segurança, educação, é emprego, é desenvolvimento econômico e social e infraestrutura  para o futuro do Estado. É isso que torna o projeto tão especial e com tanto potencial", afirmou

Também participaram da Audiência o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Flávio Cesar Mendes de Oliveira, o secretário de Estado de Fazenda, Felipe Mattos, o coordenador do projeto, Rédel Furtado Néres, e o procurador do Estado, Carlo Fabrízio Campanile Braga.

Infraestrutura

A Infovia Digital irá disponibilizar ao Governo do Estado serviços de transmissão de dados de alta capacidade e velocidade por meio de rede de fibra óptica em 1.500 unidades administrativas, tais como unidades de ensino, saúde e segurança pública, em todos os 79 Municípios do Estado.

O projeto prevê a implantação de 6.950 Km de rede de fibra óptica, a construção de um Centro de Operações de Rede (COR) em Campo Grande, a disponibilização de serviços de internet gratuita e videomonitoramento em 129 praças públicas, monitoramento veicular em rodovias estaduais e na Capital, além da instalação de 15.000 ramais IP (sistema de telefonia digital que utiliza protocolo de internet para transmitir voz) entre as unidades administrativas do Estado.

A previsão de investimentos da PPP Infovia Digital é da ordem de R$ 800 milhões, dos quais R$ 300 milhões na implantação da infraestrutura e R$ 500 milhões na operação e manutenção da mesma.

Previsão de Edital

Nesta sexta-feira (12) termina o período de Consulta Pública e a previsão é que o Edital seja lançado até a primeira quinzena de dezembro deste ano. “Após a abertura do Edital, serão 60 dias para abertura das propostas na Bolsa de Valores B3. Entre final de fevereiro e início de março já devemos conhecer o vencedor deste projeto”, explicou a secretária Eliane.

“Com esse projeto, o Governo do Estado vai levar infraestrutura para os municípios e a disponibilização de banda larga será otimizada a partir dessa infraestrutura. Isso irá impactar diretamente na melhoria da prestação de serviços públicos. Além disso, a Infovia Digital irá trazer benefícios tanto para a acessibilidade digital da população, com a disponibilização gratuita de internet nas praças públicas digitais, quanto para a segurança pública preventiva, com os serviços de videomonitoramento em praças públicas e de monitoramento veicular nas rodovias estaduais e em Campo Grande”, afirmou a secretária.

Para o coordenador do projeto da PPP, Rédel, os benefícios da Infovia Digital serão de grande magnitude para o Estado, ao proporcionar redução significativa de custos proporcionais de serviços de telecomunicações, inclusão digital, além do aumento da competitividade do Estado.

"Teremos um aumento da velocidade média de transmissão de dados por ponto, passando dos 6 Mbps médios contratados atualmente para 30 MBps efetivos, e o aumento da capacidade total contratada, passando dos atuais 13,7 Gbps para 350 Gbps", ressaltou.

Luciana Brazil, EPE

Foto: Edemir Rodrigues.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sobre o município
Deodápolis - MS Atualizado às 00h55 - Fonte: ClimaTempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 31°

Dom 32°C 23°C
Seg 33°C 23°C
Ter 32°C 22°C
Qua 35°C 22°C
Qui °C °C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias