Segunda, 02 de Agosto de 2021 14:40
(67) 99607-2306
Coronavírus Dourados

Após 90 dias com 100% de ocupação, fila para UTI Covid é zerada e Dourados tem leito vago

O cenário, inédito desde o dia 23 de março deste ano, seria resultado direto do período de ‘lockdown’ que vigorou na cidade entre 31 de maio e 12 de junho

22/06/2021 07h02
Por: Redação Fonte: Dourados News
Hospital Universitário é uma das unidades hospitalares referência no atendimento da Covid-19; Taxa de ocupação de leitos se mantinha diariamente em 100% há três meses - Crédito: Arquivo / Dourados News / Hedio Fazan
Hospital Universitário é uma das unidades hospitalares referência no atendimento da Covid-19; Taxa de ocupação de leitos se mantinha diariamente em 100% há três meses - Crédito: Arquivo / Dourados News / Hedio Fazan

A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes Covid na rede hospitalar de Dourados, que há 90 dias consecutivos vinha registrando índice diário de 100%, caiu hoje para 98%. Neste momento, conforme os dados oficiais da prefeitura, não há pacientes aguardando vaga e há uma vaga de UTI Covid disponível.

A taxa de ocupação de UTIs geral, ainda conforme o boletim divulgado na tarde desta segunda-feira (21), está em 76% e a taxa global (que engloba UTIs Covid e não-Covid) está com 91% de ocupação.

O cenário, inédito desde o dia 23 de março deste ano, seria resultado direto do período de ‘lockdown’ que vigorou na cidade entre 31 de maio e 12 de junho. 

Essa foi a avaliação do secretário municipal de saúde, Waldno Lucena Junior, que falou sobre a queda nos índices da pandemia em entrevista no início da tarde de hoje em transmissão ao vivo na página do Jornal Dourados News no Facebook (confira aqui).

“Essa é uma resposta que não tem muita margem de erro, essa redução é diretamente ligada as medidas de restrição que foram instituídas. Temos hoje certeza que foi no momento mais oportuno que poderíamos ter. Hoje não temos uma situação tão confortável, mas considerando que antes essa fila estava em 43 pessoas em média, então temos certeza que o lockdown foi realmente uma medida acertada”, avaliou o secretário.

Dourados possui 64 leitos ativos de UTI Covid, tanto na rede pública quanto na privada. Nas últimas semanas, com a fila de espera e falta de vagas, pacientes foram transferidos para hospitais dos Estados de Rondônia e São Paulo, o que também colaborou para a diminuição da fila.

“Uma medida emergencial e que foi também oportuna nesse processo. Reforçamos que é importante que se tenha a consciência de que a gente vive um momento de maior folga, mas que ainda temos pressão. Então seria o momento da população seguir contribuindo com as medidas de isolamento e cuidados preventivos”, alertou Junior.

Pico no índice foi de 59 pessoas aguardando vaga

Foram 51 dias diários de oscilação crescente na fila de espera por leitos de UTI Covid, com pico de 59 pacientes registrado em 31 de maio deste ano (sendo 28 de Dourados e 31 de outras localidades que eram atendidos na rede hospitalar pública ou privada da cidade).

O Dourados News reuniu os dados do período entre 1 de maio e 20 de junho deste ano, considerando ainda o lockdown que vigorou por 14 dias, entre 30 de maio e 12 de junho. A medida, inédita pelo alto grau de restrições, foi estabelecida justamente sob a justificativa da crescente contínua nos índices não somente da fila por vagas de UTI, mas também de contaminados e óbitos.

Conforme os números oficiais divulgados pela prefeitura, a última em que houve registro de um número ‘baixo’ de pacientes na espera por vaga foi em 4 de maio, quando três estavam na fila, sendo dois de Dourados e um de outra localidade.

Ainda nos dados de 51 dias levantados pela reportagem do Dourados News, foram oito os dias em que houve registro nesta fica com número acima de 50 pessoas, sendo sete deles consecutivos, entre o período de 26 de maio e 1 de junho. O outro dia em que o registro esteve em 50 pessoas foi em 21 de maio, quando 27 pacientes de Dourados e 23 de outras localidades estavam na espera.

Após o fim do lockdown em 12 de junho, foram seis dias consecutivos com número abaixo de 20 pessoas na fila e três dias consecutivos com menos de 10 pacientes na espera. Ontem (20), três pacientes aguardavam vagas, mas já foram atendidos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Deodápolis - MS
Atualizado às 15h21 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 26°

26° Sensação
9.7 km/h Vento
34.5% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Quarta (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 13° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio