Segunda, 19 de Abril de 2021 18:59
(67) 99607-2306
Saúde Saúde

Saúde define distribuição de mais 2,5 milhões de doses da CoronaVac

Lote é destinado a trabalhadores de saúde, indígenas do Amazonas e idosos entre 80 a 84 anos; entregas ocorrerão nesta quarta

03/03/2021 10h09 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: R7

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (3) que vai definir a distribuição de mais 2,5 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra a covid-19 produzida no país pelo Instituto Butantan, em São Paulo. 

Segundo a pasta, o envio do imunizante aos estados e Distrito Federal será realizado de forma "proporcional e igualitária". A previsão é de que as entregas ocorram ainda nesta quarta-feira (3).

O Ministério informa que esse novo lote é destinado para vacinar ainda trabalhadores de saúde, indígenas do estado do Amazonas e idosos entre 80 a 84 anos. 

A remessa corresponde a duas doses da vacina, de acordo com o Informe Técnico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), sendo necessário que estados e municípios façam a reserva da segunda dose para garantir o esquema vacinal seja completo. O intervalo entre as doses é de 28 dias. 

"Mais regiões estão sendo contempladas com o Fundo Estratégico, que destina 5% do total de doses para estados de acordo com o cenário epidemiológico local", afirmou a ministério, por meio de nota. A medida está em vigor para estados da região Norte.

Nessa nova remessa, 127.641 mil doses foram divididas entre o Amazonas (30%), Pará (10%),
Rondônia (5%), Roraima (5%), Ceará (10%), Paraíba (5%), Sergipe (5%), Paraná (10%), Santa
Catarina (10%) e Goiás (10%).

O objetivo, segundo a pasta, é ampliar a vacinação no grupos de idosos, que contam com 60.781 pessoas.

SOMOS UMA SÓ NAÇÃO
Com esse novo lote, o Ministério da Saúde já coordenou a distribuição de mais de 17 milhões de
doses de vacinas contra a Covid-19 desde o dia 18 de janeiro, início da campanha de vacinação –
mais de 7,5 milhões de doses já foram aplicadas. A pasta prevê o envio de mais de 200 milhões de
doses até julho, vacinando, assim, 50% da população brasileira vacinável. O andamento da
vacinação no País pode ser acompanhado pela plataforma LocalizaSUS.
Ao longo de março, a pasta espera receber novos lotes de vacinas: além de remessas do
Butantan, estarão disponíveis ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) mais doses da
AstraZeneca/Oxford, já produzidas no Brasil pela Fiocruz (3,8 milhões). Do mesmo laboratório, o
Brasil também deve receber ao longo do mês mais 2 milhões de doses importadas da Índia e
outras por meio do consórcio Covax Facility.
2
Além disso, o Ministério da Saúde assinou o contrato com o laboratório Precisa
Medicamentos/Bharat Biotech, responsáveis pela vacina indiana Covaxin – das 20 milhões de
doses acordadas, 8 milhões já devem estar à disposição da pasta em març

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Dourados - MS
Atualizado às 19h52 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 31°

25° Sensação
12.4 km/h Vento
34.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (20/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Quarta (21/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol com algumas nuvens
Anúncio
Anúncio