Quinta, 22 de Abril de 2021 21:31
(67) 99607-2306
Tecnologia Tecnologia

Polícia de Nova York usa robô de quatro pernas para buscar refém

O Digidog pode atingir a velocidade de 5,6 km/h, escalar alguns obstáculos e intermediar conversas entre policiais e bandidos

24/02/2021 16h31 Atualizada há 2 meses
Por: Redação Fonte: R7 - João Melo, Do R7*
Robô pode alcançar até 5,6 km/h - (Foto: Reprodução/YouTube)
Robô pode alcançar até 5,6 km/h - (Foto: Reprodução/YouTube)

Na última terça-feira (23), moradores do bairro do Bronx puderam acompanhar o Digidog, como um dispositivo de quatro pernas, durante a investigação de uma possível invasão domiciliar. Segundo o New York Post, o robô foi utilizado pelo Departamento de Polícia de Nova York (NYPD) para subir as escadas de um prédio e buscar um possível refém, mas ninguém foi encontrado.

O Digidog é equipado com câmeras que ajudam os oficiais da polícia a terem imagens da área, e também conta com a Inteligência Artificial para caminhar por conta própria por lugares onde os humanos teriam dificuldade para chegar.

Segundo informações do NYPD, o robô pesa cerca de 31 kg, pode alcançar a velocidade de 5,6 km/h e tem a capacidade até de escalar alguns obstáculos. Além disso, ele pode intermediar uma conversa entre um suspeito para que nenhum policial corra riscos desnecessários.

Veja também
  • Instituto Butantan lança aplicativo para monitorar casos de covid-19
    Tecnologia e Ciência

    Instituto Butantan lança aplicativo para monitorar casos de covid-19

  • Nasa esconde mensagem secreta no paraquedas usado por robô 
    Tecnologia e Ciência

    Nasa esconde mensagem secreta no paraquedas usado por robô 

  • Pesquisadores descobrem a origem das duas luas de Marte
    Tecnologia e Ciência

    Pesquisadores descobrem a origem das duas luas de Marte

O Digidog se originou do robô Spot, desenvolvido pela empresa Boston Dynamics, que originalmente tem as cores amarelo e preto. Contudo, ele recebeu uma nova pintura para começar a atuar junto aos policiais da cidade norte-americana.

O dispositivo já foi usado duas outras vezes pelo Departamento de Polícia de Nova York. A primeira foi em outubro de 2020, para procurar um atirador que estaria escondido em um porão após um tiroteio no que aconteceu no Brooklin.

O segundo teste do Digidod foi em dezembro do ano passado. Na ocasião, enquanto dois homens armados mantinham cinco pessoas como reféns em uma casa no Queens, a polícia usou o dispositivo para fazer as negociações e levar comida às pessoas que estavam com os bandidos.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Marques

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tecnologia
Sobre Tecnologia
Tudo sobre o mundo da tecnologia em um só lugar!
Dourados - MS
Atualizado às 22h18 - Fonte: Climatempo
21°
Muitas nuvens

Mín. 16° Máx. 29°

21° Sensação
17.2 km/h Vento
38.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Sábado (24/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Anúncio
Anúncio