Sicredi - Investindo juntos
Fisk Crianças 2020
Fisk Adultos 2020
Probel
Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Na Índia

Índia impõe isolamento de 21 dias a 1,3 bilhão de pessoas

O país vai começar o maior isolamento de população do mundo, anunciou o primeiro-ministro Narendra Modi.

24/03/2020 14h32
Por: Redação
Fonte: Globo.com
Indianos que não respeitaram isolamento são obrigados a fazer agachamentos com as mãos nas orelhas na ruas de Ahmedabad, na Índia, em 24 de março de 2020 — Foto: Amit Dave/Reuters
Indianos que não respeitaram isolamento são obrigados a fazer agachamentos com as mãos nas orelhas na ruas de Ahmedabad, na Índia, em 24 de março de 2020 — Foto: Amit Dave/Reuters

A Índia vai começar o maior isolamento de população do mundo, anunciou o primeiro-ministro Narendra Modi em uma transmissão pela TV nesta terça-feira (24). Ele pediu para que a população de 1,3 bilhão de pessoas fique em casa ou arrisque se infectar pelo Sars-Cov-2, o novo coronavírus.

Modi prometeu direcionar US$ 2 bilhões (cerca de R$ 10,16 bilhões) para o sistema de saúde do país.

“Para salvar a Índia e todos os indianos, vai haver uma proibição total de saídas de suas casas”, ele afirmou. Se o país fracassar no controle do coronavírus nos próixmos 21 dias, poderá ficar 21 anos atrasado, ele complementou.

Com essa medida, cerca de um quinto da população do mundo está em isolamento.

Há 469 casos ativos de Covid-19 na Índia, além de 10 mortes. As autoridades insistiram que não há evidência de transmissões domésticas, mas conduziram poucos testes para checar a presença da doença na população.

A Índia aumentou paulatinamente as ordens para que as pessoas fiquem em casa, e proibiu voos internacionais e domésticos, além de ter suspendido os serviços de transporte ferroviário para passageiros.

Os trabalhadores de hospitais, polícia e imprensa estão isentos das regras de isolamento, e mercados de comida e farmácia permanecerão abertos.

Modi classificou a nova regra de “fechamento total” e não disse quais serviços são exceções, mas disse que todos os passos foram dados pelo Estado para garantir a oferta de itens essenciais”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários