Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Sicredi - Investindo juntos
Fisk Crianças 2020
Fisk Adultos 2020
Probel
Aliança no MS

Com 4,9 mil assinaturas, deputados buscam mais apoio para criar Aliança

Evento ocorreu no final desta tarde (01), no auditório da Câmara Municipal de Campo Grande

03/02/2020 07h52
Por: Redação
Fonte: Campo Grande News
Deputados Luiz Ovando (PSL) e Carlos Alberto David (PSL), na Câmara Municipal (Foto: Leonardo Rocha)
Deputados Luiz Ovando (PSL) e Carlos Alberto David (PSL), na Câmara Municipal (Foto: Leonardo Rocha)

Já contando com 4,9 mil assinaturas em Mato Grosso do Sul, adeptos do novo partido do presidente Jair Bolsonaro, realizaram mais um evento em Campo Grande para apoiar a criação do “Aliança pelo Brasil”. O encontro ocorreu nesta tarde (01), na Câmara Municipal, sendo organizado pelos deputados Luiz Ovando (PSL) e Carlos Alberto David (PSL).

“Este evento visa estimular e animar as pessoas para seguir a causa e apoiar a criação do partido (Aliança pelo Brasil), vamos construir esta nova legenda”, disse Ovando. Ele ponderou que no Estado já foram recolhidas 4,9 mil assinaturas, superando a meta fixada. “Vamos continuar nosso trabalho de ajudar”.

No local do evento além das assinaturas, a Anoreg (Associação dos Notários e Registradores) disponibilizou equipe para reconhecimento de firma dos documentos, que vão ser encaminhados ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para ser criado, o “Aliança pelo Brasil” precisa ter 500 mil apoiadores até o dia 7 de março, em todo Brasil.

David ponderou que Mato Grosso do Sul já superou sua meta, mas continua na fase de coleta e que a intenção é cumprir seus requisitos, para disputar as eleições municipais neste ano. “Depois caberá ao diretório regional e o presidente (Jair Bolsonaro) escolher o candidato (prefeito)”, declarou.

Saídas – David e Ovando entraram com ação na Justiça Eleitoral, requisitando a saída do PSL. Os dois aguardam o aval para trocarem de legenda, sem perder seus respectivos mandatos na Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

“Meu pedido de saída é por perseguição política, por isso aguardo o aval para seguir o (Jair) Bolsonaro”, explicou David. Ele inclusive espera mudar para o Aliança e buscar a indicação de candidato a prefeito de Campo Grande, neste ano.

Já Ovando ressaltou que como seu pedido (saída) foi citando “justa causa”, vai aguardar o julgamento do TSE, para deixar o PSL, sem riscos de perder o seu mandato, no qual foi eleito em 2018, como deputado federal. “Esperando a definição”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Dourados - MS
Atualizado às 12h27
20°
Pancada de chuva Máxima: 26° - Mínima: 19°
20°

Sensação

1 km/h

Vento

90%

Umidade

Fonte: Climatempo
Eliton - Construmil
Eliton - Escola Denise
Municípios
Nicolly Laços
Mercearia Juninho
Lanchonete Point
Últimas notícias
Everton Informática
Eliton - Auto Brilho
Comercial 101
Mais lidas
Anúncio
Anúncio