Probel
Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Automobilismo

Título faz Hamilton encostar no lendário Schumacher

O britânico de 34 anos ficou atrás de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, na 19ª corrida da temporada e acrescentou outro campeonato aos já conquistados em 2008, 2014, 2015, 2017 e 2018

04/11/2019 10h45
Por: Redação
Fonte: Gazeta Esportiva

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou neste domingo seu sexto Mundial de Fórmula 1 ao terminar em segundo no Grande Prêmio dos Estados Unidos em Austin, no Texas. Hamilton fica assim a um título dos sete do alemão Michael Schumacher, o piloto com mais campeonatos da história (1994, 1995, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004).

O britânico de 34 anos ficou atrás de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, na 19ª corrida da temporada e acrescentou outro campeonato aos já conquistados em 2008, 2014, 2015, 2017 e 2018. A vitória no GP dos Estados Unidos foi a quarta do finlandês em 19 corridas disputadas nesta temporada, contra 10 do hexacampeão.

Com o resultado, Hamilton ficou com 67 pontos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, eliminando qualquer chance de ser ultrapassado nas duas provas que restam (GP do Brasil e GP de Abu Dhabi).  “Não consigo acreditar. Obrigado por tudo”, disse por rádio Hamilton aos membros da equipe após cruzar a linha de chegada e superar os cinco títulos do argentino Juan Manuel Fangio (campeão em 1951, 1954, 1955, 1956 e 1957).

O britânico lutou com determinação após iniciar a prova na quinta posição, mas não conseguiu superar seu companheiro de escuderia, que largou na pole e acabou vencendo o GP. “Eu esperava poder ganhar hoje, mas não consegui com esses pneus”, explicou o seis vezes campeão do mundo.

Lewis Hamilton resistiu firme nas últimas voltas ao retorno Max Verstappen depois de ter sido ultrapassado por Bottas que seguiu uma estratégia diferente em relação às mudanças de pneus.  O holandês teve que se contentar com o terceiro lugar e o monegasco, Charles Leclerc, terminou em quarto, tendo feito a melhor volta da prova.

“É impressionante, sinceramente”, confessou o britânico, emocionado. “Foi uma corrida muito dura hoje. Valterri fez um grande trabalho. Como esportista, me sinto o mais revigorado que posso me sentir neste exato momento. E quanto ás corridas que ainda faltam, não vamos relaxar”, acrescentou o hexacampeão do mundo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários