Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Probel
FIA

Rivais suspeitam de motor da Ferrari e pedem investigação da FIA

Intercooler e sistema de recuperação de energia da Ferrari chamam atenção das rivais, que querem uma análise da FIA para entender se as peças dos italianos estão dentro do regulamento. Ferrari venceu três corridas no ano e anotou as últimas cinco pole-positions

17/10/2019 08h27
Por: Redação
Fonte: GP
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)

É unanimidade que a Ferrari tem o motor mais potente da Fórmula 1 atual, mas tamanha força gera desconfiança entre as equipes. Algumas delas enviaram a FIA um pedido para esclarecer a legalidade dos aspectos de design dos italianos, buscando entender se eles estão dentro do regulamento.

Segundo o site da revista ‘Autosport’, os pedidos vieram após o bom desempenho da Ferrari nas últimas corridas, chegando a conseguir 0s8 de vantagem em algumas pistas. Desde o retorno da F1 após as férias, o time conquistou as cinco pole-positions disputadas e venceu três vezes.

Uma das teorias apontadas pelas rivais é em relação ao intercooler, e um pequeno vazamento de óleo que entra em combustão e produz um pequeno boost, o que é permitido no regulamento, embora exista a exigência de que este sistema não deve intencionalmente usar o calor da vaporização, com exceção de combustível para o motor.

O sistema de recuperação de energia da Ferrari também chamou atenção de uma rival, que também levou a questão para a FIA, que ainda não respondeu.

Em defesa, o órgão afirmou que "continua a monitorar todos os parâmetros relacionados aos motores no regulamento da F1, e que não recebeu algum protesto de competidor em relação aos designs atuais".

Apesar da potência no motor, a Ferrari não conseguiu impedir o sexto título consecutivo de construtores da Mercedes, conquistado no GP do Japão. Os italianos estão no segundo lugar, com 433 pontos.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários