Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Urgente

Sequestro de ônibus na ponte Rio-Niterói chega ao fim

homem que fazia os passageiros de reféns foi baleado por tiros de um sniper e morreu no local

20/08/2019 08h48Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: Terra
Sequestro na ponte Rio-Niterói ocorreu na altura do Vão Central Foto: Centro de Operações Rio / Facebook / Estadão Conteúdo
Sequestro na ponte Rio-Niterói ocorreu na altura do Vão Central Foto: Centro de Operações Rio / Facebook / Estadão Conteúdo

Após mais de três horas, o sequestro do ônibus na ponte Rio-Niterói chegou ao fim. Segundo po canal por assinatura GloboNews, o homem que fazia os passageiros de reféns foi baleado por tiros de um sniper ("atirador de elite") e morreu no local.

Entenda o caso:

Um homem armado fez passageiros de um ônibus da Viação Galo Branco de reféns na ponte Rio-Niterói a partir das 5h30 da manhã desta terça-feira (20), de acordo com a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. As pistas em ambos os sentidos foram totalmente interditadas.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Militar, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e dos Bombeiros cercaram o veículo que está parado na altura do Vão Central. Viaturas do Corpo de Bombeiros chegaram ao local por volta das 7h10. 

Primeiro, seis reféns já foram liberados. Segundo relatos dessas pessoas, de acordo com o canal GloboNews, ainda havia mais de 30 reféns dentro do ônibus até às 8h40. A polícia tentava negociar as demais liberações com o sequestrador, que já ameçara colocar fogo no veículo.

Ao entrar no ônibus, o homem identificou como policial militar para entrar no ônibus, não fez nenhuma demanda específica para liberar os reféns, de acordo com a porta-voz.

A linha de ônibus 2520D da Viação Galo Branco saiu do Jardim Alcântara, em São Gonçalo, em direção a Estácio, na região central do Rio.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, a Ponte Rio-Niterói ficou totalmente interditada nos dois sentidos. 

No Facebook, o Centro pediu para que os passageiros que chegavam de Niterói utilizem o serviço de barcas para fazer a travessia.

Cerca de 150 mil veículos passam por dia pela ponte Rio-Niterói. Nos horários de pico, cerca de 8 mil carros passam por hora pela ponte.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.