Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Sicredi
Em exercício

Após agenda cheia, Murilo diz que projetos avançam com ministros empenhados em trabalhar pelo MS

Na Casa Civil da Presidência da República, com o ministro Onyx Lorenzoni, o governador em exercício tratou da liberação de verbas para manutenção das rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul

16/08/2019 19h47
Por: Redação
Fonte: Dourados News
Divulgação
Divulgação

Depois de se reunir com cinco ministros nesta semana em Brasília (DF), o governador em exercício Murilo Zauith avalia a agenda de trabalho na Capital Federal como produtiva e com bons encaminhamentos para Mato Grosso do Sul nas áreas da segurança pública, infraestrutura e de saúde. “Todos eles estão empenhados em trabalhar pelo nosso Estado”, afirmou o gestor nesta sexta-feira (16).

Com o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), Murilo Zauith teve a garantia de investimentos para a faixa de fronteira do Estado com o Paraguai e a Bolívia. Já está documentada no Ministério a partilha do Fundo Nacional de Segurança Pública, que este ano prevê a distribuição de R$ 1,7 bilhão entre os estados. MS ficará com 5,24% do total, a segunda maior fatia, atrás apenas de SP com 6,66% do montante.

Na Casa Civil da Presidência da República, com o ministro Onyx Lorenzoni, o governador em exercício tratou da liberação de verbas para manutenção das rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul. O Assunto também foi discutido com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Antônio Leite dos Santos Filho. O Dnit tem R$ 130 milhões para manter as rodovias de MS.

Outro assunto de extrema importância para o Estado, referente às compensações da Lei Kandir, foi debatido com o ministro Paulo Guedes (Economia), que condicionou o pagamento dos ressarcimentos previstos em lei à aprovação da reforma tributária do Governo Federal, que já tramita no Congresso. Segundo Murilo Zauith, a União sinalizou quer ter os recursos no fim de 2019 para ressarcir todo o débito que tem com MS.

Com a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o governador em exercício afinou projetos que preveem melhorar a infraestrutura de pelo menos 200 assentamentos no Estado, onde vivem cerca de 50 mil assentados. A intenção é recuperar estradas vicinais e acessos para potencializar o escoamento da produção dos pequenos agricultores e tornar os produtos mais competitivos.

Ainda na Capital Federal, Murilo Zauith se reuniu com o ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) para tratar das obras dos hospitais regionais de Três Lagoas e Dourados. As obras na unidade de saúde da Costa Leste devem ser finalizadas até o final deste ano. A partir da conclusão, o Ministério da Saúde em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) vai atuar para garantir o compra dos equipamentos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.