Probel
Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Comitiva

Comitiva de MS e ministra pretendem alinhar ações sanitárias com Paraguai

Governador Reinaldo Azambuja e a ministra Tereza Cristina terão encontro com governo do Paraguai, nos dias 8 e 9 de julho

08/07/2019 06h22
Por: Redação
Fonte: Campo Grande News
Um dos temas é alinhar as datas do vazio sanitário da soja (Foto: Divulgação - Semagro)
Um dos temas é alinhar as datas do vazio sanitário da soja (Foto: Divulgação - Semagro)

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que a reunião com o governo do Paraguai, nesta semana, será importante para firmar parceria na área sanitária entre os dois países, para maior fiscalização da entrada de produtos agrícolas contrabandeados, assim como alinhar calendários do setor produtivo. Ela irá com a comitiva de Mato Grosso do Sul.

“Esta reunião com o Paraguai, acontece devido a extensa fronteira seca com Mato Grosso do Sul, onde temos que fazer parcerias na área sanitária, como fiscalização maior na entrada de defensivos agrícolas ilegais”, disse a ministra, em entrevista ao Campo Grande News.

Ela se referiu a entrada de agrotóxicos ilegais, por meio de contrabando, que tem acesso ao Brasil, por meio de Ponta Porã, seguindo para o restante do País. A ministra entende que esta fiscalização precisa ser conjunta entre as autoridades de ambos os países. “Vamos discutir o tema nesta reunião, para chegarmos a um entendimento”.

O evento vai ocorrer nos dias 8 e 9 de julho, em Assunção, com a participação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e mais uma comitiva do Estado, que terão encontro com o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez.

Ainda na área de Agricultura, Tereza mencionou o novo acordo comercial entre Mercosul (Mercado Comum do Sul) e União Europeia. “Com este acordo precisamos incrementar estas ações coletivas com os países vizinhos, em temas como abate de gado”, adiantou.

Calendário – A ministra ainda citou a importância de alinhar um calendário comum na produção agrícola com o Paraguai, principalmente em datas como do “vazio sanitário”, que é um período que não se pode plantar soja, para combate às pragas como a “ferrugem asiática”, que ataca as produções de soja.

“Seria importante seguir as mesmas datas, porque apesar de países diferentes, estão um do lado do outro, em fronteira seca”, advertiu ela. O governo de Mato Grosso do Sul segue normas claras e efetivas sobre o “vazio sanitário”, que tem gerado bons resultados aos produtores locais.

Encontro – Além da questão agrícola, está pautada para o encontro, a discussão de temas como segurança na fronteira, em relação a tráfico de drogas e armas, corredor bioceânico, assim como a criação de um parque tecnológico nas cidades fronteiriças de Ponta Porã e Pedro Juan Cabellero.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Dourados - MS
Atualizado às 12h13
21°
Muitas nuvens Máxima: 24° - Mínima: 13°
21°

Sensação

19.2 km/h

Vento

26.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Eliton - Construmil
Eliton - Escola Denise
Supremo Disk Chopp
Municípios
Lanchonete Point
Nicolly Laços
Mercearia Juninho
Últimas notícias
Comercial 101
Eliton - Auto Brilho
Mais lidas
Eliton - TEC
Eliton - J&S Pinturas
Eliton - HPM