Sicredi
Probel
Eliton - Diego Farma & Farma
Gasolina

Redução nas refinarias não chega às bombas e gasolina tem alta em Dourados

A informação é da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) em sua pesquisa semanal

10/06/2019 15h14
Por: Redação
Fonte: Dourados News
295
Foto: Vinicios Araújo/Dourados News (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); SAIBA MAIS ECONOMIA Petrobras vai reduzir preço do diesel e da gasolina a partir deste sábado ECONOMIA Gasolina despenca R$ 0,11 em Dourados, mas preço médio co
Foto: Vinicios Araújo/Dourados News (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); SAIBA MAIS ECONOMIA Petrobras vai reduzir preço do diesel e da gasolina a partir deste sábado ECONOMIA Gasolina despenca R$ 0,11 em Dourados, mas preço médio co

Apesar do anúncio de redução nos preços da gasolina às refinarias, os postos de combustível em Dourados não apresentaram reflexo do desconto nas bombas. Na verdade o valor subiu R$ 0,05.

A informação é da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) em sua pesquisa semanal. 

Conforme o levantamento realizado em 10 estabelecimentos, entre os dias 26/05 e 01/06, o valor médio pelo litro do combustível estava em 4,423. Neste período a Petrobras havia anunciado reduzir o preço da gasolina às refinarias em 7,2%, o que em tese refletiria em um desconto nas bombas. 

Os postos não possuem obrigação legal de reduzir o preço, levando em consideração a lei de livre mercado, porém adquirindo o combustível mais barato, esperava-se que para o consumidor fosse repassado também o desconto. 

O que na verdade aconteceu foi uma alta. Durante a pesquisa entre os dias 2/06 e 8/06 o preço médio registrado foi de R$ 4,472, um aumento de R$ 0,049 sobre o custo médio por litro.

O Dourados News buscou contato com o Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul) para saber se existe uma justificativa sobre o aumento contrastado ao custo pago nas refinarias.

Na entidade, foi pedido que fosse feito contato diretamente com a assessoria de comunicação, porém as ligações não foram atendidas.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários