Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Probel
MS

Governo boliviano será parceiro da construção da termelétrica, diz Reinaldo

Reinaldo avaliou como positivo o balanço da viagem a Bolívia, em que assinou termos de cooperação com o País vizinho

05/06/2019 14h27
Por: Redação
Fonte: Campo Grande News
(Foto: Henrique Kawaminami)
(Foto: Henrique Kawaminami)

Além de fornecer 1,1 milhão de metros cúbicos de gás natural por dia para a Termelétrica Fronteira, o Governo boliviano também será parceiro na construção da usina. É o que destaca o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

“O Governo da Bolívia não será apenas fornecedor de gás, e sim parceiro da construção da termelétrica”, disse Reinaldo durante o lançamento da e-Florestal, plataforma de licenciamento florestal digital, na manhã desta quarta-feira (5), no Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul). Mas o governador não detalhou como será a parceria para a construção da usina.

O empreendimento, que ficará entre Ladário e Corumbá, terá investimento de US$ 300 milhões da Camaçari RJ Participações. A empresa pretende participar do Leilão de Energia Nova A-6 de 2019, que deve ser realizado no dia 29 de setembro deste ano pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, foi assinado acordo que garante fornecimento do de gás natural. O documento prevê que a estatal boliviana YPFB (Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos S/A) se compromete a fornecer 1,1 milhão de metros cúbicos por dia para a Termelétrica.

O governador sul-mato-grossense ainda assinou termo de cooperação com o presidente boliviano, em relação a ferrovia Transamericana, apresentado como um corredor ferroviário bioceânico, para se chegar aos portos do Oceano Pacífico, por meio da Bolívia e Peru. 

Ao voltar do país vizinho, o governador avaliou como positivo o balanço da viagem. “Foi extremamente positivo e mostra um bom entendimento entre os governos”, completa Reinaldo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.