Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Raquel

‘Não pode faltar investigação’, diz Raquel Dodge no MPMS sobre pressão de políticos

PGR também defendeu que foro privilegiado seja mitigado e defenda mandato ao invés da pessoa

25/04/2019 08h34
Por: Redação
Fonte: Midia Max
PGR participa de evento no MPMS. Foto. Leonardo Franco.
PGR participa de evento no MPMS. Foto. Leonardo Franco.

A PGR (Procuradora-Geral da República) Raquel Dodge defendeu que a atuação do Ministério Público seja cada vez mais firme, segura e corajosa. “Não pode faltar investigação onde tiver indício de infração, seja civil ou criminal”, defendeu, ao ser questionada sobre a pressão da classe política, em evento no MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) na tarde desta quarta-feira (24).

Sobre críticas feitas à atuação “midiática” de promotores no Estado, a PGR disse que não comenta situações locais. Mas, ressaltou que as expressões contrárias fazem parte da democracia e não podem impedir o Ministério Público de continuar trabalhando para provar a culpa de quem tiver cometido ilícitos.

Foro privilegiado

Dodge também falou sobre o efeito do foro privilegiado nas investigações e lembrou que a posição do MP no País é no sentido de mitigar a aplicação do foro. Ela também elogiou a postura do STF (Supremo Tribunal Federal) ao adotar medidas para remeter à primeira instância o julgamento de casos criminais de modo a estabelecer o princípio da igualdade no Brasil.

“Haja foro privilegiado como uma forma de proteger o mandato, não a pessoa”, declarou. Para a PGR, crimes praticados fora da função ou antes dela devem ser processados do mesmo modo que em relação a qualquer pessoa por um juiz de primeira instância e por um promotor de Justiça.

Ela também ressaltou a celeridade de processos, detalhando que MP tem caminhado para uma boa duração em relação ao tempo de investigação e apresentação de recursos. “Queremos todos, Ministério Público e sociedade, que nenhuma pessoa seja injustamente condenada”, disse.

A PGR participa no MPMS da posse solene do PGJ (Procurador-Geral de Justiça) Paulo Cézar dos Passos como presidente do CNPG (Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Dourados - MS
Atualizado às 05h47
14°
Poucas nuvens Máxima: 27° - Mínima: 14°
14°

Sensação

1 km/h

Vento

85%

Umidade

Fonte: Climatempo
Eliton - Construmil
Gi Atelier - Inst
Supremo Disk Chopp
Eliton - Escola Denise
Municípios
Nicolly Laços
Lanchonete Point
Mercearia Juninho
Últimas notícias
Comercial 101
Eliton - Auto Brilho
Mais lidas
Eliton - TEC
Eliton - HPM