Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Aquidauana

Ex-prefeito, Raul Freixes é transferido para a cela 17 do Centro de Triagem

Conforme o Ministério Público, ele se apropriou de verba pública da prefeitura de Aquidauana

15/03/2019 09h32
Por: Redação
Fonte: Campo Grande News
61

Ex-prefeito de Aquidauana e ex-deputado estadual, Raul Freixes, foi transferido para a cela 17 do Centro de Triagem, em Campo Grande. A cela é destinada a presos com ensino superior e se tornou redutos de políticos e empresários presos: como Edson Giroto (ex-deputado federal e secretário estadual de Obras) e João Amorim (dono da Proteco Construtora).

Freixes foi preso pela Polícia Militar de Campo Grande na noite de segunda-feira (dia11), em cumprimento de mandado de prisão expedido pela Justiça de Aquidauana. Ele passou mal e foi encaminhado para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Depois, foi levado para a Depac Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e, por fim, à cela especial na 3ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Carandá Bosque. Agora, foi transferido para o presídio, no Jardim Noroeste.

Conforme o MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), em 21 de novembro de 2000, faltando pouco mais de um mês para o fim do mandato de prefeito, Raul Freixes se apropriou de R$ 100 mil em verba pública do município.

Segundo a denúncia, ele preencheu um cheque de titularidade da prefeitura e determinou que uma funcionária fosse ao banco, descontasse o valor do cheque e lhe entregasse o valor, o que foi feito.

Um mês depois, poucos dias antes do encerramento de seu mandato, Freixes se apropriou de R$ 14.958,32 em verba pública. Desta vez, ele e Augusto Paim Mendes, então secretário de Fazenda e Administração, confeccionaram uma nota de empenho simulando pagamento a empresa que realizaria ampliação de ruas da cidade. Augusto foi preso também no dia 11, mas em Aquidauana.

Raul Freixes foi condenado à pena de 11 anos de reclusão e o ex-secretário foi condenado a cinco anos. Eles recorreram, mas não conseguiram mudar a decisão.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários