Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Probel
Polêmica

Peritos constataram montagem em vídeo vazado, afirma Doria

O candidato apresentou à Justiça Eleitoral pedido de investigação de autoria do crime pela divulgação do vídeo

25/10/2018 10h12
Por: Redacao
Fonte: Noticias ao minuto
Reuters
Reuters

Ocandidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) divulgou nota nesta quarta-feira (24) afirmando que peritos já constataram se tratar de montagem um vídeo que circulou em redes sociais com um homem fazendo orgia com mulheres -e que associava a imagem da gravação à do ex-prefeito.

Segundo comunicado da campanha, um laudo encomendado por Doria aos peritos criminais Rosa Maria Coronato Melkan, professora da Academia de Polícia Civil de SP, e Marcos Olyntho Brandão Godoy, ex-diretor do Núcleo de Engenharia do Instituto de Criminalística de SP, comprova a fraude.

"O conteúdo tem montagens que ficam claras quando analisadas tecnicamente para fazer que figura retratada na cena se pareça com Doria", diz a nota do tucano.

O candidato apresentou à Justiça Eleitoral pedido de investigação de autoria do crime pela divulgação do vídeo.

"Para o criminalista Fernando José da Costa, a gravidade dos fatos exige que a Justiça Eleitoral e a Procuradoria Regional Eleitoral tomem ações imediatas e céleres para que os autores do crime sejam desvendados", diz.

O vereador Camilo Cristófaro (PSB), do partido do governador Márcio França, gravou vídeo em que afirma que a divulgação das imagens ocorreu devido à falta de pagamento a uma das mulheres. "Isso aí está sendo posto na internet por uma das meninas que não recebeu o cachê do João Doria no swing", disse. 

Ele afirma que a mensagem que mandou com o vídeo não é invenção. "E deixar bem claro: não é Camilo que inventou e não é montagem. Isso quem pôs na internet é uma das moças, que moça não faltava nessa cama".

Camilo já foi aliado de Doria quando ele era prefeito, mas rompeu com o tucano.

Já Márcio França, rival de Doria no segundo turno da eleição ao governo de SP, voltou a dizer que a associação de sua campanha à divulgação do vídeo é uma acusação leviana. "Tenho zero assunto relacionado ao vídeo", disse. "Leviano. É só olhar a cena é ver se tem alguém com a minha cara ali", afirmou. Com informações da Folhapress.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.