Probel
Sicredi
Eliton - Diego Farma & Farma
Eleições 2018

“Estou telefonando para pessoas que vão entrar na nossa batalha”, diz Odilon

No ensejo, Odilon aproveitou para cumprimentar a senadora eleita pelo PSL Soraya Thronicke, que surpreendeu nas urnas com alcance de 370.666 votos.

08/10/2018 08h42
Por: Redacao
Fonte: Dourados News
Odilon durante entrevista coletiva. - Crédito: Divulgação
Odilon durante entrevista coletiva. - Crédito: Divulgação

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Odilon de Oliveira (PDT), disse em entrevista coletiva na Capital que já está fazendo contato com possíveis aliados para disputar o cargo com Reinaldo Azambuja (PSDB) no segundo turno, no próximo dia 28 de outubro. 

“Eu pessoalmente já estou telefonando para aquelas pessoas que vão entrar na nossa batalha”, disse.

No ensejo, Odilon aproveitou para cumprimentar a senadora eleita pelo PSL Soraya Thronicke, que surpreendeu nas urnas com alcance de 370.666 votos. 

“Ela vai representar muito bem MS e parabenizar duas vezes: primeiro pela representatividade no Estado e segundo porque ela vai representar a mulher”, disse. 

Sobre alianças Odilon afirmou: “já fiz contato com Júnior Mochi (MDB), com outros políticos. Com Amaducci ainda não consegui mas evidentemente que nós queremos fazer aliança com todos os outros partidos que estiverem dispostos a essa aliança. Para nós não terá outro estado, nós vamos vencer as eleições”. 

A expectativa do candidato é reunir os possíveis aliados ainda na segunda-feira (8).

O pedetista contabilizou 408.969 votos (31,62%) enquanto o tucano Reinaldo Azambuja garantiu 576.993 votos (44,61%).

Em Dourados

Em Dourados Odilon teve um resultado expressivo. Foram 44.092 votos, correspondente a 43,10% do resultado. Azambuja 41.169 votos (40,25%).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários