Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Probel
Eleições 2018

Para juíza eleitoral, “desinformação” em rede social ajudou a criar tumulto

Conforme Daniela, mais de 90% das seções foram visitadas e tudo ocorreu tranquilamente

07/10/2018 17h00
Por: Redacao
Fonte: Dourados News

A juíza da 43ª Zona Eleitoral de Dourados, Daniela Vieira Tardin, disse que relatos falsos em redes sociais ajudaram a criar um ambiente tumultuado em alguns locais de votação do município. Durante a manhã de votação, várias pessoas reclamaram de não conseguir confirmar a opção para presidente. 

Em entrevista ao Dourados News, ela relatou que urnas antigas usadas no município não acabavam demorando para processar o voto, o que causou esses relatos. 

“Uma das explicações é que as urnas são antigas, numa eleição como essa que precisamos votar para seis candidatos em sequência, a pessoa que digitasse rapidamente, poderia confirmar o seu voto antes mesmo de carregar a fotografia. O que realmente tumultuou um pouco foi essa desinformação de rede social”, contou.

Conforme Daniela, mais de 90% das seções foram visitadas e tudo ocorreu tranquilamente. No espeço que compreende a 43ª Zona, nenhuma pessoa foi presa e apenas uma urna substituída. 

“Tudo transcorre na maior tranquilidade, não tivemos que prender ninguém na 43ª Zona Eleitoral. Mato Grosso do Sul é muito rápido em sua apuração e acredito que em pouco tempo poderemos finalizar essa apuração”, informou ao Dourados News. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários