Eliton - Diego Farma & Farma
Sicredi
Notícia
Cachorro é resgatado desnutrido e sem andar após família se mudar de casa e abandoná-lo, em Goiânia
Animal foi descoberto por adolescente de 12 anos que passava com irmão na porta da residência abandonada; estudante e filhos estão cuidando do cão, e procuram um lar para ele.
08/09/2018 11h52
Por: Redacao
Fonte: Globo
128
Estudante busca um novo lar para o cachorro resgatado em Goiânia (Foto: Arquivo Pessoal)
Estudante busca um novo lar para o cachorro resgatado em Goiânia (Foto: Arquivo Pessoal)
Um cachorro foi regatado desnutrido após uma família se mudar de uma casa e abandoná-lo sem água nem alimentos, em Goiânia. O animal foi descoberto por um adolescente de 12 anos que caminhava com o irmão mais velho e percebeu que o cão quase não se mexia. Eles levaram o bicho para casa e, agora, buscam um lar para ele.

A mãe do adolescente, uma estudante de 31 anos que prefere não ser identificada, contou, em entrevista ao G1, que resgatou o cachorro junto com os filhos após perceber que ele estava desnutrido. Ela afirma que mora em uma casa pequena de aluguem e já tem um outro cão. Por conta disto, procura alguém disposto a adotá-lo.

“Meus filhos estavam passando por uma pracinha e viram ele tristinho, parado. O meu caçula observou que ele nem se levantava, não mexia muito. Aí me contou e a gente foi investigar. A casa de fato estava sem ninguém, a família que morava nela se mudou e deixou o bichinho, que está muito magrinho, uma judiação. A gente está cuidando dele, mas não podemos ficar com ele aqui”.

O animalzinho foi resgatado na quinta-feira (6), de uma casa no Setor Balneário Meia Ponte, na região norte de Goiânia. A mulher que está cuidando dele contou que quando ela e os filhos pegaram o animal, ele mal conseguia ficar em pé.

“Foi muito triste ver ele naquela situação. Aos poucos a gente foi conseguindo alimentá-lo. Fomos dando água para ele por uma seringa, porque ele não conseguia se mexer, nem ficar em pé. Agora que ele está levantando não fica quieto um segundo, está todo feliz, mas ainda precisa se recuperar, porque está bem magrinho”, contou.

%BANNER%%BANNER%
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários